Plano de Negócios

Plano de Negócios

Uma boa ideia não basta, planejar é o ponto de partida, não importa o tamanho ou a atividade da empresa. O plano de negócios é a ferramenta ideal para analisar a viabilidade de um projeto. Funciona como um mapa e ajuda a identificar oportunidades, conhecer o mercado e planejar a parte financeira, diminuindo os riscos de abrir ou administrar a empresa.

Porque fazer?

Proporciona aos empreendedores uma ferramenta eficiente para organizar as idéias para iniciar ou expandir o negócio e apoiar a gestão.

Traz a confiança necessária para desenvolver ações conjuntas com parceiros estratégicos.

Facilita a obtenção de recursos junto a bancos e investidores ao demonstrar a viabilidade financeira da empresa.

Permite negociar crédito para compras e formas de pagamento com fornecedores.

Consolida a imagem da empresa diante dos principais clientes ao divulgar e vender os benefícios dos produtos e serviços.

Melhora a comunicação interna e gera maior comprometimento ao esclarecer para os empregados seu papel na empresa.

Viabilidade – Estrutura do Plano

Sumário Executivo

Contém a visão de futuro e elementos para provar que o negócio tem foco, diferenciais e que é viável.

Análise de Mercado

Determina o quanto a empresa compreende o mercado, seus clientes, concorrentes e fornecedores.

Plano de Marketing

Caracteriza os produtos e serviços, os canais de distribuição, as estratégias promocionais e de preços.

Plano Operacional

Descreve os processos para produzir, vender ou prestar serviços, a capacidade instalada, o layout, os cargos e qualificações da equipe.

Plano Financeiro

Inclui o investimento, as receitas, custos, o potencial de lucro e indicadores como ponto de equilíbrio, prazo de retorno, rentabilidade e lucratividade.

Análise de Cenários

Avalia os cenários para resultados pessimistas, otimistas do negócio e as ações para prevenir-se dos riscos.

Análise Estratégica

Identifica as forças e fraquezas internas do negócio e as oportunidades e ameaças do mercado.

O que dizem os especialistas

Informação é a base:Não basta rabiscar expectativas. Planejar exige pesquisa e visão sistêmica”.

Atualize o plano: “O uso do plano de negócios vai além da abertura. É uma ferramenta de gestão e não pode parar na gaveta”.

Tenha bons sócios:Escolha sócios baseado na competência profissional”.

Faça você mesmo:Só recorra à ajuda externa se a visão de futuro e o conhecimento do cliente sejam seus”.

Arregace as mangas:Defina tarefas, prazos e responsáveis. O plano de negócios só faz sentido se colocado em prática”.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s